Segunda-feira, 12 de Setembro de 2005

O erro de Batista.

Correr com a bola para marcar golo mas, pisar nela em vez de chutar à entrada da baliza, em vez de golo, dá é para um grande trambolhão.


 


João Batista, à frente da gestão autárquica caiu no erro da ilusão.


 


Iludiu-se com os milhões de euros dos orçamentos municipais e, disparando para todos os lados, gastou em desenhos e vãs vanglórias os poucos milhões que havia disponíveis após a dilatação das despesas de pessoal para níveis fantásticos.


 


Como é possível gastar à volta de 400 mil euros num arquitecto para fazer um desenho para uma fundação, sem terreno para alicerces, nem dinheiro para comprar os materiais e pagar ao empreiteiro que os há-de aplicar?


 


Como é possível iludir-se com piscinas olímpicas, no valor previsível de 10 milhões de euros se nem um cine teatro, no centro da cidade e, já na posse da Câmara, encontra o dinheiro que o recupere?


 


Como é possível gastar à volta de um milhão e setecentos mil euros com a Cooperativa de Batata, para esta fazer um edifício e a câmara lhe ficar com o terreno para uma escola que só existe em conversas fiadas?


 


Como é possível pedir a Leasing (o veneno das empresas), um milhão e oitocentos mil euros para que a Cooperativa pague os erros de gestão que foram cometidos, a troco de um edifício frigorífico para conservar fruta e dos palmos de terra?


 


Como é possível agora, gastar três milhões de euros em novos edifícios no MARC, para escoar produções agrícolas que teimam em não existir no concelho?


 


O edifício da Cooperativa da batata é para estacionamento? O edifício da Cooperativa vitivinícola é para estacionamento? O MARC vaisser para estacionamentos?


 


Está o senhor presidente com a intenção de estacionar o desenvolvimento do concelho?


 


Quem se dispersa, perde-se.


Ou como se diz cá no burgo “quem quer tocar muitos burros deixa sempre alguns p’ra trás”.


 


Este colossal erro deve ser corrigido a bem de todos.


 


Vamos estacionar o candidato João Batista.


O concelho precisa de progresso, de movimento, de marcar golos, de ganhar.


Queremos ganhar. Merecemos ganhar.


Flavienses, a vitória está a menos de um mês. A nossa vitória. A de todos nós.

publicado por chaveslivre às 21:06
link do post | comentar | favorito
|

.pesquisar

.Fevereiro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

.posts recentes

. Vamos abrir caminho ...

. Quanto mais longe pior.

. A anticipação supera a re...

. Vamos retomar a acção!

. A mentira continua!

. ...

. Desmedido frenesi.

. Rotinas passadistas

. TIC's na autarquia?

. 25 de Abril

.arquivos

. Fevereiro 2008

. Fevereiro 2007

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

.tags

. todas as tags

.links

.as minhas fotos

Get Firefox!
 Use OpenOffice.org

.subscrever feeds

blogs SAPO

.mais sobre ...