Segunda-feira, 29 de Novembro de 2004

Quem espera desespera!

A ruinosa gestão municipal está a adiar para as calendas gregas a construção do Complexo de Piscinas Cobertas, na cidade, e, já que terá de manter em funcionamento as velhas piscinas, por tempo indeterminado, não seria melhor repará-las?


Outras realizações que a oposição desejava ver feitas, nem projectos têm.


Por exemplo, para quando a construção de um novo Pavilhão Gimnodesportivo Municipal, já que, o actual, nem para as encomendas das Escolas chega. E a construção do Parque Lúdico-Recreativo de Chaves na Galinheira, não era para estar pronto com os fundos do Polis? Já não se vão construir as piscinas municipais em Vidago, e o centro de treinos, também foi no jogo das mentiras eleitorais? A construção de uma Pista de Atletismo, tão desejada por alguns dos actuais desportistas da esfera da autarquia, já não é necessária? E porque diminuiu o ritmo de construção de novos Polivalentes Desportivos no meio rural?


Já são muitas as perguntas, para que não tem forma de responder! Mas, em termos de infra-estruturas para desporto e tempos livres, a coisa vai muito mal, diria pessimamente.

publicado por chaveslivre às 01:19
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Anónimo a 30 de Novembro de 2004 às 20:14
Pessoalmente acho uma estupidez demolir as piscinas cobertas do tabolado. Confesso que não sou nenhum expert em construções, mas na minha modésta opinião acho que as piscinas nem destoam muito da área envolvente. Mas o que me leva a considerar uma estupidez a sua demolição é o de as referidas piscinas serem aquecidas com água das caldas, o que faz com que o custo do aquecimento da água seja deveras reduzido em comparação com os métodos de aquecimento normais. Assim com a construção de outras piscinas noutro local vai fazer com que os já de si debilitados cofres da câmara o fiquem ainda mais, pois os custos de exploração das ditas piscinas vão ser muito maiores que os das piscinas do Tabolado. Está-me a querer parecer que para tentar minimizar estes custos vão praticar os mesmos preços exorbitantes e descabidos que praticam nas piscinas do Rebentão. Assim, só vão poder ser utilizadas por pessoas endinheiradas o que provavelmente nem isto vai acontecer por já possuirem uma em casa.Geraldinho
</a>
(mailto:filipe_geraldes@portugalmail.pt)
De Anónimo a 30 de Novembro de 2004 às 01:00
Boa pergunta meu irmão. Como está esse caso ?
Eu respondo: O vereador responsável borrou-se de medo quando um conhecido "mafioso" da cidade lhe apertou os tomates a mando de outro conhecido "mafioso" de Boticas, que por acaso é o homem de mão de outro conhecido "mafioso politíco" também da referida vila. Resultado a "coisa" ficou no fundo da sanita; assim como ficaram na sanita outros "casos" de gestões anteriores, a saber:
Armazém de frutos secos, construído na veiga, de Manuel Pita,
Armazém de móveis, construído na veiga de Móveis Robert's,
Prédios da muralha, propriedade "dos empreiteiros preferidos da autarquia" José Moreira & Filhos,
Construções avulsas na veiga de Chaves,
e etc., etc., etc...
Um doce a quem me disser quanto "dinheirinho" andou, anda e andará por aí. O que se fez, o que se faz e o que se fará para lhe poder deitar a mão?
O homem tira aquilo que Deus dá. AménJoão XXI
</a>
(mailto:vaticona@ppd.pt)
De Anónimo a 29 de Novembro de 2004 às 16:40
Esperar por obras estruturais e necessárias ao municipio de Chaves é como esperar que lhe saia o Totoloto, mas de obras particulares e danosas por parte de privados isso existe em demasia se não vejamos, como está o caso do Stand de Automóveis em Outeiro Jusão contruido sob reserva agricola e reserva protegida, a câmara jurou levar o caso a tribunal e punir os infractores e demolir o mamarracho promessa o Sr. Engº Cabeleira, mas esqueceu que essa gente é da linha dura nocturna que controla tudo e todos será que a lei é feita para alguns e os outros com conivência ou não da câmara lá vão construindo sem autorização. Como está o caso se calhar na oitava repartição(gaveta).Tenho a memória longa e nas próximas eleições cá estou prara descontar o meu voto.Exige-se informação sobre o caso do Stand de Outeiro Jusão dasse alviçaras de preferência a cobrar no Vereador do Pelouro da Construção .Zeesquina
</a>
(mailto:Zeesquina@sapo.pt)

Comentar post