Segunda-feira, 15 de Novembro de 2004

O pão aumenta em tempo de miséria

Efeito Giffen


Fenómeno paradoxal do aumento da procura de um bem provocado pela alta do respectivo preço. O efeito Giffen, do nome de um economista inglês do final do século XIX, constitui, da mesma forma que o efeito Veblen, uma excepção à lei da oferta e da procura. Giffen observou, com efeito, que a subida do preço de um bem indispensável (o pão, nessa ocasião, mas igualmente a batata na Irlanda em 1845) provocava uma queda do poder de compra das classes miseráveis, que já não podiam consumir outros produtos alimentares mais nobres (carne, fruta). Como consequência, eles deviam concentrar-se nestes bens indispensáveis, apesar do seu encarecimento.


in CAPUL, J. e GARNIER, O (1998) Dicionário de Economia e de Ciências Sociais, Plátano, Lisboa.


Conclusão: Os pobres é que pagam a crise.


 

publicado por chaveslivre às 23:13
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Anónimo a 18 de Novembro de 2004 às 21:21
A Kátia é uma aldrabona.
Como é que o presidente come no Neves a diário se ainda há dias veio da Alemanha e já vai p´rá semana para os Estados Unidos ?
Bem a Câmara é que paga...Belchior Alves
</a>
(mailto:Belchioralves@clix.pt)
De Anónimo a 18 de Novembro de 2004 às 21:18
Os pobres comem pão.
O presidente da câmara e o seu séquito lambuzam-se a diário em banquetes pagos pela Câmara no Restaurante do Neves.
Kátia Carmona
</a>
(mailto:Kacar@sapo.pt)

Comentar post