Quarta-feira, 3 de Novembro de 2004

À grande!

Em conversa (a)fiada, com ajuntamento a preceito, prometeu o timoneiro, em jeito de lançamento de empenho (o marechal d’Campo’s tinha ordenado a requesta a todos os em funções havia avaro tempo), a construção, para tempos que hão-de de vir, de um parque desportivo na jovem freguesia de Santa Cruz/ Trindade com o seguinte lembrança:


- Doze campos (quatro principais, quatro secundários e quatro courts de ténis);


- Pista de atletismo;


- Recintos para jogos radicais;


- Parque automóvel para mais de 700 viaturas.


Este empreendimento surge porque a autarquia prevê um crescimento da população na zona (não especificando o período de tempo em que tal vai ocorrer) na ordem das 5 mil a 7 mil pessoas. Afirmou-se ainda que este parque desportivo vai permitir a remodelação das sucatas no concelho (não entendemos a relação), mas com tanta balela, vai dar ao mesmo.


Não vilipendie, ó timoneiro, a nossa chaneza. Não foi Vossa Senhoria que prometeu parques infantis com balancés novos já lá vai para três anos? Onde estão eles?


Se não faz um singelo parque infantil, coisa que não há digna dessa designação em toda a Cidade de Chaves, que credibilidade merece a sua promessa?


Se não é capaz de terminar o parque desportivo da Quinta do Rebentão (que já tem balneários e parque de estacionamento prontos) quem quer enganar com promessas desesperadas?


Já agora, para que quer 700 lugares de estacionamento na periferia, se no centro da cidade, pela sua acção nem 600 vai haver?


Por fim, de onde virão os 7.000 mil habitantes ????


Contos desta natureza são um sinal de desatino.

publicado por chaveslivre às 23:56
link do post | comentar | favorito
|
7 comentários:
De Anónimo a 15 de Novembro de 2004 às 15:45
A propósito de estacionamento....
Então não é que agora o "padre" anda a dizer aos comerciantes que no Largo das Freiras se limita a executar o projecto que os socialistas deixaram!
Então não foi ele que mandou acabar com o parque subterrâneo de 200 lugares?
Será que ele faz dos flavienses estúpidos?Pedro Silva
</a>
(mailto:p@sapo.pt)
De Anónimo a 5 de Novembro de 2004 às 16:42
Iça! Pelos vistos ... isso tá bonito! Tá!! Esse presidente que já foi professor e padre e faz coisas dessas ?!?!? Ou já é outro presidente ?!?! Ou estamos sempre no contra? Que passa?Irrinox
</a>
(mailto:irrinox@urra.pt)
De Anónimo a 5 de Novembro de 2004 às 11:06
A inteligência do Sr. Presidente da Câmara

Como é possível estar preocupado em criar 700 lugares de estacionamento em Santa Cruz, quando o estacionamento na cidade é caótico. Parece-me que ele só está preocupado é em arranjar estacionamento na câmara para os seus amigos. Só assim se consegue perceber a forte necessidade de comprar edifícios para servirem de albergue aos PPD´s cá da cidade.
Arruínou o centro da cidade ao decidir pateticamente, como é seu apanágio, o fim do parque subterrâneo das freiras. Agora, por imcompetência fala em parques de estacionamento para todas as esquinas da cidade.
Um conselho Sr. Presidente se ainda não arranjou emprego para todos os militantes do PSD, crie no quadro da câmara o lugar de "arrumador privativo da autarquia", e resolve dois problemas (o do estacionamento e o do emprego).Padre
</a>
(mailto:padre@caçappds.pt)
De Anónimo a 5 de Novembro de 2004 às 00:07
Lembrei-me e aqui estão:

Quadras soltas


Ao presidente teço louvores:
Nesta câmara de grandes ideais
proliferam engenheiros e doutores
e outros burros que tais

Entram todos à molhada
que a câmara é lugar de tutu
quem tem cartão vai à frente,
quem não tem, leva no c...

Foi uma ideia fulgurante
que o presidente partilhou com os seus botões:
"Se não arranfo uma amante
parece que não tenho col..."

Estraga-a-tábua homem do povo
e amante de gabarito
leva os velhos no logro
enquanto ele come cabrito




João XXI
</a>
(mailto:vaticona@ppd.pt)
De Anónimo a 4 de Novembro de 2004 às 23:04
É NORMAL?

- É normal contratar pessoas do quadro da câmara para trabalhar para a câmara nas horas normais de expediente?
- É normal funcionarios da câmara estarem a dar formação na hora de serviço?
- É normal o presidente concordar com isso?
- É normal contratar pessoas para fazerem o trabalho de pessoas que já estão lá?
- É normal o descontentamento dos funcionarios da câmara (a maioria psd) perante o comportamento do executivo?
- É normal saber-se com antecedencia quem vai ganhar os concursos?
- É normal saber-se com antecedencia as promoções?

Dão-se alvisseras a quem descobrir uma verdade no discurso do actual presidente da câmara.

Está aberto o concurso, divulguem.Mirone da Praça
(http://semprecontra.blogs.sapo.pt)
(mailto:mirone@cmc.pt)
De Anónimo a 4 de Novembro de 2004 às 18:30
Enfim, parece-me que já edificaram algumas construções, a saber:
- Nova arquitectura da autarquia: já viram as novas construções que lá aparecem? E então aquela estrutura orgânica?
- Nova engenharia de admissões: Basta criar empresas pseudo municipais para criar maior riqueza. Disribuí-la não faz parte de este vocabulário.
- Novo desenho de projectos anteriores: as constatações vêm no seguimento do argumento anterior.
- Manda quem pode, quem tem dinheiro: Se não o havia antes, certamente que agora é que não o há.
- Invenções alucinantes: Life Style and so on;
- Regressão térmica nas estruturas: Quando o aparelho do partido aperta há logo contracções dinâmicas na gestão;
- Construção do princípio do contraditório: Novo Lema " Viva o velho regime alicerçado neste concelho";
- Contrução de infra estruturas desportivas: O primeiro a pedir o tacho ganha. Condição única: Mostrar o cartão. Mas até aqui parece que já há alguns desgraçados que foram à vida;
- Contrução da circular a chaves: as coisas circulam, circulam, mas infelizmente nunca vêm cair em chaves. PRINCÍPIO DA CIRCULAÇÃO DE BENS;
- ...chaves2003
</a>
(mailto:chaves2003@sapo.pt)
De Anónimo a 4 de Novembro de 2004 às 14:06
"AO MOCHE" diz a rapaziada de agora quando querem abafar algum colega, saltando para cima dele ao monte.
Com as devidas distâncias é o que se passa na actual câmara ppd quando a rapaziada lá do sitío resolve saltar para cima do presidente e, espremendo-o, sai daquele amontoado de sangue suor e lágrimas sai unicamente m... . É esta, senhores, a pangeia das ideias desta câmara e deste presidente.
Abençoados sejam os pobres de espirito que o reino dos céus a eles pretence. Amén João XXI
</a>
(mailto:vaticona@ppd.pt)

Comentar post