Sexta-feira, 15 de Outubro de 2004

« Honestidade Intelectual»


«Honestidade Intelectual»

Há dias, fazendo algo que para mim é rotineiro, isto é: passando os olhos pelos semanários locais, deparo com um artigo que me chamou de imediato a atenção. E chamou porquê? Porque nele o senhor presidente da CMC defendia-se de acusações que lhe foram feitas pelo ex presidente da CMC, Altamiro Claro, sobre a sua pouca honestidade intelectual e, contra atacava, apresentando exemplos, um deles foi o IP3.
OH senhor presidente de câmara, poderia ter encontrado exemplo melhor para demonstrar sua HONESTIDADE INTELECTUAL, possivelmente recorreu a este e a outros semelhantes a este, porque duvido que achasse outros.
Diga-me então senhor presidente e se quer ser INTELECTUALMENTE HONESTO, que passos deram os governos anteriores aos governos do PS liderados por António Guterres, em relação ao troço do IP3 desde Lamego a Chaves????
Eu respondo-lhe senhor presidente.
__ NADA
Diga-me senhor presidente, o que fizeram e fazem os governos do PSD liderados por Barroso e Santana Lopes em relação a este mesmo troço?
Eu respondo-lhes senhor presidente.
__ Limitaram-se e limitam-se a verem as obras serem executadas a um ritmo impensável pela ex JAE ou pelo I.E.P. e a tomarem a decisão de lhe imporem portagens, destruindo o que de melhor continha a decisão da construção desta e doutras importantes vias de comunicação, que era, a de aproximação dos níveis de vida dos cidadãos do interior aos cidadãos do litoral e só possível com a solidariedade do conjunto nacional ou seja: SOLIDARIEDADE NACIONAL.
E já agora, o que tem feito de visível o senhor presidente???
Mais uma vez lhe respondo.
__ Nada de concreto, limita-se a não hostilizar os seus companheiros de partido
E já agora e porque estamos a falar de HONESTIDADE INTELECTUAL e, uma vez que o senhor presidente não o quer ser, eu digo-lhe o que fizeram os governos do PS liderados por António Guterres: Criaram o quadro legislativo que permitiu ao sector privado executar estas obras e ao ritmo que o interior e principalmente o nosso concelho tanto ansiava, adjudicou as respectivas obras e exigia que fosse o todo nacional a suportar o custo dessa obra, aplicando assim aquilo que se denomina de descriminação positiva e através desta atitude, repor justiça social e mobilizar a SOLIDARIEDADE nacional.
Senhor presidente, se quer ser INTELECTUALMENTE HONESTO, tem que admitir, que sem estas tão importantes etapas, ainda hoje não haveria obras no terreno, obras essas de que tanto se ufana e procura capitalizar politicamente
Senhor presidente, de uma vez por todas, «ao menos» INTELECTUALMENTE, sejamos HONESTOS.
AJM



publicado por chaveslivre às 15:13
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Anónimo a 16 de Outubro de 2004 às 09:28
O Primeiro Ministro já demonstrou o que pensa das SCUTS, ou seja das vias que vão permitir a cidades domo Chaves, Vila Real, Viseu... terem auto-estrada. Afirma que foram uma irresponsabilidade do governo do P.S. Ficámos a perceber que, com ele, a auto-estrada em Chaves seria uma miragem.
Quanto ao Presidente da Câmara, já deu um contributo para esta auto-estrada de que, à desesperada, se quer, despudoradamente, aproveitar: acobardar-se com a aplicação das portagens. Entendo que estava obrigado a ter coragem de protestar. Que olhe aqui para o lado para as portagens que se pagam de Benavente a Vigo. Luís Fontes
</a>
(mailto:areias.fontes@clix.pt)
De Anónimo a 15 de Outubro de 2004 às 23:24
O Sr. Presidente da CMC, quando sair do poleiro ninguem lhe vai dirigir a palavra, já todos notaram que se trata de um mentiroso vingativo sem escrupulos que utiliza o dinheiro da autarquia para dar emprego a todas os "boys" e "bacas". Pelo menos ninguem os pode acusar de não cumprir essas promessas ... São tantos os funcionarios que para caberem todos nos edifícios, alguns são autorizados pelo presidente a irem dar aulas remuneradas em periodo normal de trabalho.
O JB quando anda proximo da Praça de Camões anda sempre a olhar para o chão evitando os olhares dos trabalhadores da CMC e dos Munícipes. Medo de que ?
Mas acho que nem tudo é mau, esta Câmara teve o mérito de trazer para o burgo o Life Style, evento de grande notariedade que nesta segunda edição irá trazer até nós o "White Castle".
Abaixo o MARC, IP3, Universidade e outras insignificancias. VIVA O LIFE STYLEMirone da Praça
(http://semprecontra.blogs.sapo.pt)
(mailto:mirone@cmc.pt)
De Anónimo a 15 de Outubro de 2004 às 16:20
Gostei.

De uma vez por todas se denunciam os poucos escrupulos desse individuo que se sentou na cadira do poder.

Tem que lenvantar de lá o rabo.

Aqui em Lisboa tam bêm estava um colega do vosso presidente que passava o tempo com senas iguais, fugiu para São Bento, para se librar dos eleitores lisboetas na autarquicas e poder andar à grande mais um ano.

Força, trabalhai para a derrota de quem assim procede a bem nossa linda terra.

ps - ainda mudo o recenseamento para ai,pr'ajudar à derrota.linda bastos
</a>
(mailto:linda@sapo.pt)

Comentar post